Consumo de etanol no acumulado até junho em MG é maior 86% frente a 2017

As vendas de etanol hidratado em Minas Gerais em junho de 2018 somaram 194,280 milhões de litros de etanol, alta de 90,3% frente aos 102,075 milhões de litros de junho de 2017, de acordo com os dados divulgados ontem pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Já na comparação de junho com o mês de maio, o crescimento nas vendas foi de 26%, já que naquele mês o consumo de etanol hidratado foi de 153,488 milhões de litros.

O volume consumido em junho de 2018 é o maior para este mês da série histórica desde 2.000 da ANP, sendo 20% acima do volume vendido em junho de 2015, quando foram comercializados 161,694 milhões de litros.

Já no acumulado do ano foram consumidos 976,297 milhões de litros de etanol hidratado, crescimento de 86,29% frente ao total do mesmo período do ano passado de um consumo de 524,064 milhões de litros.

Ciclo otto

De acordo com o presidente da SIAMIG, o impacto da greve dos caminhoneiros no primeiro semestre, as alterações de alíquotas de ICMS ocorrida em 1 de janeiro, com aumento de 2 pontos percentuais tanto na gasolina quanto no etanol e a queda do poder aquisitivo dos mineiros pesaram para a queda de 6,4% na demanda do ciclo Otto no primeiro semestre em MG (veículos leves que operam com gasolina/etanol).

Contudo, em função do aumento da competitividade do etanol frente a gasolina, o consumo de etanol aumentou 86,2%, contra uma redução de 20,6% na gasolina C. No mês de junho o etanol hidratado atingiu, também, 30% de participação na demanda do ciclo Otto em MG, alcançando nosso recorde de setembro e outubro de 2015.

Fonte: Siamig