Vendas de veículos novos crescem 74,89% em MG

06/06/2019 – Com desempenho bem acima do nacional, Minas registrou alta de 74,89% nas vendas de veículos em maio deste ano, com os emplacamentos chegando a 68.690 unidades. Em maio de 2018, o número foi de 39.276. No acumulado deste ano, os dados também foram positivos no Estado, registrando crescimento de 41,06%. De janeiro a maio de 2019, os licenciamentos somaram 279.950 unidades, enquanto em igual período anterior, foram 198.456 veículos emplacados.

Na passagem de abril (62.369) para maio, houve crescimento de 10,13%. Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) e referem-se a automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros.

Em Belo Horizonte, em maio, os emplacamentos chegaram a 48.908 unidade, o que representou 71% do total do Estado. O número mais que dobrou – teve alta de 105,05% – no comparativo com maio de 2018 (23.852). No acumulado do ano, a alta foi de 62,6%. De janeiro a maio de 2019, foram comercializados 189.524 veículos, enquanto em igual período de 2018 foram 116.519. Na passagem de abril (43.069) para maio, o aumento foi de 13,56%.

No País, na comparação entre os meses de maio 2019, quando foram licenciadas 358.470 unidades, e maio de 2018 (294.937), o avanço foi de 21,54%. No acumulado de janeiro a maio, a alta foi de 14,16%: os emplacamentos de todos os segmentos totalizaram 1,602 milhão de unidades este ano, contra 1,403 milhão entre janeiro e maio de 2018. Na relação maio com abril (339.415), o incremento foi de 5,61%.

Segmentos – Com relação a Minas, os segmentos automóveis e comerciais leves lideraram as vendas em maio, com 57.451 unidades, o que representa 81,51% do total. Nesse setor, a alta na relação maio 2019/maio 2018 (31.483) foi de 82,48%.

Já caminhões e ônibus somaram 1.262 (2,9% do total). No comparativo anual, a venda de caminhões teve aumento de 89,25%, passando de 558 em maio de 2018 para 1.056 em igual mês deste ano. Já o emplacamento de ônibus avançou 114,58% (96 em maio de 2018 e 206 em igual mês deste ano). Motos, implementos rodoviários e outros totalizaram 9.977, com 16,3% do total.

FCA – As vendas de veículos de automóveis e comerciais leves da Fiat Chrysler Automobile (FCA), com fábrica em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, totalizaram 31.480 unidades em maio deste ano, com aumento de 18% frente a maio de 2018 (26.699).

No acumulado do ano o resultado também foi de alta aproximada de 18%. De janeiro a maio de 2018, foram vendidas 118.932 unidades, enquanto em igual período deste ano, o número chegou a 140.484.

Com esse resultado, em maio a Fiat ocupou a terceira posição no ranking de vendas entre todas as montadoras do País, com 13,44% do mercado. À frente da Fiat estão GM – que ocupa a primeira posição – e Volkswagen.

Até locadoras impulsionaram os resultados

Como fatores que levaram ao bom desempenho das vendas de automóveis em Minas, no mês de maio, estão crédito mais acessível, lançamentos de modelos, descontos concedidos pelas montadoras e atuação das locadoras de automóveis. Gerente de vendas da Nova Catalão, concessionária Volkswagen, Dione Silva informou ontem que a empresa registrou alta nas vendas de 12% a 15% este ano em relação a 2018. Ele atribui esse resultado ao lançamento de modelos e a facilidades de crédito.

Já a gerente comercial da Tecar Jeep, Zelaine Molnar, disse que as vendas do Jeep tiveram aumento aproximado de 70% em 2019 no comparativo com 2018. Segundo ela, dois fatores foram fundamentais para o resultado: descontos agressivos e venda direta a pessoa jurídica e produtor rural.

“É o dono da empresa que compra o automóvel para ele”, explica. Até maio, foram concedidos descontos de até 19% a quem apresentasse o CNPJ ou registro de produto rural.

A atuação das locadoras de automóveis também impacta na alta das vendas de veículos em Minas. Diretor regional em Minas da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), Leonardo Soares informa que o Estado tem as maiores locadoras do País. De todos os emplacamentos do setor no Brasil, 50% são feitos em Minas.

Só a mineira Localiza, maior locadora de veículos da América do Sul, comprou 36.943 veículos no primeiro trimestre de 2019, com alta de 55% frente ao igual período de 2018, quando o número foi 23.847. Conforme a assessoria de imprensa do grupo, de janeiro a março deste ano, a divisão de aluguel de carros cresceu 26,2%, enquanto a divisão de aluguel de frotas subiu 22,6%.

“Vale lembrar que em maio de 2018 houve a greve de caminhoneiros que impactou a compra de carros em todo País, o que fez com que muitos consumidores postergassem a decisão de compra de um carro”, informa nota da empresa.

Fonte: Diário do Comércio