6 erros de gestão que você não pode cometer no seu posto de combustíveis

13/02/2020 – Administrar um posto de combustível é uma tarefa desafiadora. É claro que todo negócio está propício a algumas falhas, mas alguns erros de gestão nesse segmento podem causar grandes prejuízos. Apesar disso, se existe um plano de atividades consistente, esse tipo de empreendimento pode gerar muitos lucros.

No dia a dia pode aparentar que você faz tudo nos conformes, mas os resultados estão aquém do esperado. Nesse caso, é provável que você esteja criando cenários críticos que devem ser evitados quanto antes.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo. A seguir, você conhecerá 6 erros de gestão que precisa eliminar do cotidiano. Confira!

1. Não fazer um estudo de mercado

Qualquer prática empresarial de sucesso depende do conhecimento de mercado em que o empreendimento está incluído. Para isso, você precisa conhecer três fatores importantes: clientes, concorrentes e fornecedores.

O perfil do público aponta as demandas e necessidades pelos produtos/serviços oferecidos no seu estabelecimento. Além disso, é necessário entender como a concorrência se relaciona com as pessoas e o que ela proporciona de diferente. Por fim, ter parcerias estratégicas com empresas fornecedoras pode aumentar o nível de competitividade do seu posto. Faça esses estudos para ter certeza de que está no caminho certo.

2. Deixar de lado o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é outra etapa que jamais deve ser negligenciada. Registre todos os valores que chegam e saem do financeiro, anote cada detalhe para evitar erros de cálculo e surpresas desagradáveis.

Com ajuda da tecnologia, crie planilhas de custos, como salário de funcionários, contas básicas (água, luz, telefone), impostos, entre outros. Marque como elas são pagas, se houve depósitos, débito automático e cheques. Ao fazer isso, você não se sentirá inseguro quanto ao que gasta ou lucra no seu estabelecimento.

3. Não controlar o estoque

O gerenciamento de estoque deve ser constante. Uma sugestão é antecipar períodos de compras de acordo com preço ofertado pelo fornecedor, para conseguir descontos em compras de maior volume.

Nesse caso, é importante que você fique atento ao armazém — computando todas as entradas e saídas — para fazer algumas reposições que resultam em investimento e evitar que falte algum item importante do estoque da sua loja de conveniência, por exemplo.

4. Não treinar a equipe

Treinar a equipe de colaboradores de forma periódica traz um enorme impacto nos resultados. Afinal de contas, no posto de combustível são comercializados produtos e serviços que necessitam de um bom atendimento para fidelizar o público. Uma atitude cordial e atenciosa por parte dos seus funcionários certamente fará a clientela retornar no futuro. Pense nisso!

5. Descuidar da segurança

Infelizmente, os estabelecimentos comerciais no geral são alvo fácil para criminosos, principalmente aqueles que funcionam o dia todo. Por isso, é importante investir em recursos e ferramentas de contenção, como vigilantes e câmeras de segurança. Pode ter certeza de que fazer esse tipo de investimento evitará a frequência de assaltos.

6. Misturar as finanças pessoais com as da empresa

Alguns empreendedores fazem isso com naturalidade e não percebem seu negócio ruindo. Mesclar as finanças pessoais com as do posto pode fazer você ir à falência. Por isso, defina um valor mensal como salário e deixe o dinheiro no caixa para arcar com as despesas do estabelecimento, sem comprometer os lucros. Caso seja necessário fazer retiradas emergenciais, anote tudo e, se possível, reponha a quantia.

Se você evitar os erros de gestão mencionados neste conteúdo, seu posto de combustível sobreviverá aos percalços do mercado. Além disso, vale destacar a importância de acompanhar e conhecer todas as informações referentes à administração do negócio durante todo o seu ciclo comercial (antes e durante sua abertura). Assim, você saberá exatamente quais decisões deverão ser tomadas a tempo de resolver problemas.

Fonte: Minaspetro