Gasolina comum tem média mais barata dos últimos dez meses

01/04/2020 – Quem abasteceu nos últimos dias percebeu uma redução no preço da gasolina comum e aditivada. A partir do levantamento realizado pela reportagem da Folha do Mate, na segunda-feira, 30, em 18 postos de Venâncio Aires, foi possível perceber que o valor médio encontrado para o combustível comum é o mais em conta dos últimos dez meses no município.

▶ Confira também: Gestão de Metas é a mais nova ferramenta que chega para acompanhar e alcançar as metas de vendas do seu posto de combustível. Quer saber mais? Assista ao vídeo e agende uma demonstração.

O valor médio do litro está custando R$ 4,530. Essa é a menor média apresentada desde junho de 2019, quando o valor médio era de R$ 4,696. Se comparado com a última pesquisa feita pela reportagem, no dia 5 de março, nos mesmos estabelecimentos comerciais, é possível perceber uma redução de R$ 0,157, quando a média era de R$ 4,687. No entanto, em comparação a janeiro desde ano, o preço caiu R$ 0,235. Naquele mês, a média praticada era 4,765.

O preço médio mais em conta encontrado para a gasolina comum é de R$ 4,449 e o mais caro é de R$ 4,649, por litro.

ADITIVADA

O preço médio da gasolina aditivada encontrado pela reportagem foi de R$ 4,642. Se comparado com o último levantamento, realizado no dia 5, quando o valor era de R$ 4,803, houve uma redução de R$ 0,161. A média também teve uma redução de R$ 0,234 em relação a janeiro deste ano. O valor mais em conta encontrado é de R$ 4,549 e o mais alto é de R$ 4,749.

TANQUE CHEIO

Para encher um tanque de 50 litros de gasolina comum (considerando a média atual de R$ 4,530), o consumidor precisará desembolsar R$ 226,5. A queda em relação ao levantamento anterior é de R$ 7,85. Para o caso da gasolina aditivada, cujo valor médio é de R$ 4,642, o consumidor precisará desembolsar R$ 232,1.

Você sabia?

A queda do produto nas bombas está atrelada aos descontos apresentados pela Petrobras no valor do combustível nas refinarias. Na semana passada, o preço teve queda de 15% e o litro tinha custo de R$ 1,14, esse o menor valor cobrado pela refinaria desde 31 de outubro de 2011.
Uma notícia publicada pelo portal de notícias G1, ontem, mostra que o preço do petróleo iniciou a semana em queda e que o valor do barril Brent registrou a menor cotação desde 2002, consequência do impacto da pandemia do coronavírus.
Venâncio tem média mais cara da região
Se comparado este levantamento realizado pela reportagem com o estudo feito pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), que leva em consideração o período de 22 a 28 de março, é possível verificar que a média da gasolina comum (R$ 4,530) na Capital Nacional do Chimarrão é mais ‘salgada’ do que a registrada nos municípios vizinhos de Santa Cruz do Sul e Lajeado, onde a média registrada foi de R$ 4,468 e R$ 4,413, respectivamente.

Fonte: Folha do Mate